Clínica de varizes | Especialidade de Angiologia e Cirurgia Vascular
Tratamento de varizes a laser e secagem de vasinhos
SÃO PAULO / SP

CLaCS: Tratamento de varizes sem cirurgia

Imagem Ilustrativa

CLaCS: Tratamento de varizes sem cirurgia

O que é CLaCS?

O CLaCs é um tratamento para varizes e dilatação nas veias que combina duas técnicas: a ação do laser com a crioescleroterapia para conseguirmos um resultado mais eficiente. Tanto que a sigla significa Crio Laser e Crio Escleroterapia.

A crioescleroterapia é uma escleroterapia que é realizada com um líquido a menos 40 graus. Ou seja, associando a ação do gelo (que é física) e uma ação química para levar a destruição do vaso varicoso e uma posterior absorção do mesmo.

Já o laser, através da emissão de uma energia, também irá destruir a parede vaso doente, levando a uma reação inflamatória e posterior desaparecimento também.

Quando conseguimos associar as duas técnicas, temos um efeito mais eficiente com doses menos agressivas ao organismo.

Qual a diferença entre uma escleroterapia comum e o CLaCS?

A diferença é que na escleroterapia é usada única técnica para conseguir o efeito. Utiliza-se apenas uma ação química para destruir o vaso varicoso: um líquido injetado para provocar uma irritação na parede da veia provocando uma destruição e absorção pelo organismo.

Já o CLaCS associa uma escleroterapia que pode ser utilizada tanto da forma gelada como convencional (sem o líquido estar gelado), além da ação do laser.

Dessa forma conseguimos potencializar o efeito utilizando o CLaCS tanto para micro varizes (que ocorrem em veias capilares) quanto para aquelas veias nutridoras, ampliando assim o campo de ação do mecanismo.

Indicações do CLaCS

O CLaCS pode ser indicado para qualquer paciente com varizes, respeitando as contraindicações. Ele pode ser utilizado diversos tipos de veias, como:

  • Veias capilares, que são mais fininhas eavermelhadas
  • Veias arroxeadas, que são consideradas veias nutridoras e que tem o diâmetro um pouquinho maior, que normalmente seriam tratadas com cirurgia.

CLaCS: Tratamento de varizes sem cirurgia
CLaCS: Tratamento de varizes sem cirurgia Agendar Consulta

Contraindicações do CLaCS

Pacientes que tenham alergia a qualquer tipo de líquido utilizado na escleroterapia não deve fazer o procedimento, assim como pacientes com estado infecciosos e imunodeprimidos e estados infecciosos ativos.

Grávida pode fazer CLaCS?

Na gravidez, em especial, como é um período que propicia o aparecimento de varizes, o tratamento pode se tornar cansativo, pois mesmo depois do tratamento novas podem ir surgindo. Por isso o ideal é fazer depois de três a seis meses do nascimento do bebê.

Cuidados antes do procedimento

O Clacs não exige a realização de nenhum exame, mas é importante que o médico conheça todo o histórico do paciente de forma detalhada, além de fazer um exame físico minucioso.

Quando surgem algumas dúvidas é solicitado um ecodoppler de membros inferiores. Podemos realizar também um exame com um aparelho de realidade ampliada, que proporciona a visualização das veias que não são visíveis a olho nu.

Em uma situação mais delicada pedimos um exame chamado ecodoppler colorido venoso, superficial e profundo, dos membros inferiores.

Como o CLaCS é realizado?

Ele é realizado em ambiente de consultório e como utilizamos o frio, que anestesia, abrimos mão de qualquer anestésico. É um procedimento praticamente indolor.

Primeiro o especialista aplica uma injeção com o produto na veia varicosa. Depois, ele entra aplicando um laser na região que terminará de destruir o vaso já danificado.

 

Qual é médico habilitado para realizar o CLaCS?

É um procedimento médico e tem que ser feito por médico habilitado, de preferência angiologista e cirurgião vascular que tenha conhecimento das técnicas e suas complicações.

Qual o tempo de duração?

O tempo é muito relativo. O médico vai avaliar quantas sessões será necessário fazer em cada visita ao médico, dependendo da resposta do paciente ao tratamento. O procedimento, em média, demora de 20 a 30 minutos, dependendo da área tratada.

Cuidados após o procedimento

Após o procedimento, e mesmo antes, é muito importante evitar o sol. Sobre a retomada da rotina, não existe nenhum impedimento de realizar nenhum tipo de atividade: pode-se realizar atividade física e ir para o trabalho.

Além disso, é utilizado alguns cremes que visam diminuir tanto os efeitos inflamatórios quanto os hematomas do procedimento.

Complicações e riscos

As complicações são inerentes de qualquer tipo de procedimentos. Podem ocorrer manchas, cicatrizes, queloides, pequenas queimaduras, tromboses, lesões cutâneas, etc. Todas essas complicações são atribuídas as técnicas de escleroterapia, tratamento com laser ou CLaCS.

Ícone Whatsapp Ícone E-mail